Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

IF Goiano realiza 1ª reunião da Agro Centro-Oeste Familiar 2020 - Sintoniza IF

Fale conosco via Whatsapp: +

No comando: TOP FÃ

Das às

No comando: AMOR SEM FIM

Das 06:00 às 09:00

No comando: PROGRAMAÇÃO LIVRE

Das 06:00 às 23:00

No comando: MANDEI BEM

Das 09:00 às 11:00

No comando: IF NOTÍCIAS

Das 11:00 às 12:00

No comando: MICROFONIA

Das 12:00 às 13:00

No comando: ANTENA MIX

Das 13:00 às 15:00

No comando: LAÇO DO PEÃO

Das 15:00 às 17:00

No comando: LAÇO DO PEÃO 2° EDIÇÃO

Das 18:00 às 20:00

No comando: AMOR SEM FIM 2° EDIÇÃO

Das 20:00 às 23:00

No comando: TOP FÃ MADRUGADA

Das 23:00 às 06:00

IF Goiano realiza 1ª reunião da Agro Centro-Oeste Familiar 2020

Evento será realizado no Campus Ceres e já possui data para ocorrer. Foco do encontro foi em ouvir sugestões e demandas de parceiros, além de apresentar a unidade anfitriã

 

Nesta quinta-feira, 26, o Instituto Federal Goiano (IF Goiano) realizou a primeira reunião de planejamento da Agro Centro-Oeste Familiar (Acof) 2020. O encontro ocorreu na Reitoria do Instituto, congregando representantes de mais de 20 instituições parceiras, entre universidades, sindicatos e agências. O foco foi apresentar a infraestrutura da próxima sede da Acof, além de ouvir as demandas iniciais dos parceiros para marcar o pontapé de planejamento e organização do evento, que está datado para ocorrer entre 22 e 25 de maio de 2020.

 

A Agro Centro-Oeste foi criada em 2000, no seio da Universidade Federal de Goiás (UFG). Cinco anos depois, ela passou a se dedicar prioritariamente aos pequenos produtores e agricultores familiares, passando a se denominar Agro Centro-Oeste Familiar (Acof). Mas foi somente em 2014 que o evento saiu do seu ambiente de criação para ser realizado no IF Goiano. Naquele ano, a unidade anfitriã foi o Campus Morrinhos. Dois anos depois, Urutaí. a próxima edição, que ocorrerá em 2020, será de responsabilidade do Campus Ceres do IF Goiano.

O tema da que será a 18ª edição da Agro Centro-Oeste já foi definido, em reunião com representantes dos trabalhadores rurais e outros parceiros, na própria cidade de Ceres. “Foram levados em consideração aspectos da Agricultura Familiar, da sua tradição, bem como a questão ambiental que se coloca urgente e as demandas por uso de inovações tecnológicas e onde se localiza a AF nesse lugar”, explicou o professor Ricardo Tadokoro, do Campus Ceres. Assim, o tema escolhido foi Diversidade, sustentabilidade e inovação, que irá nortear o desenvolvimento das atividades que ocorrem dentro da Acof, como palestras, oficinas e minicursos.

A apresentação do Campus Ceres ficou sob responsabilidade do gerente de Extensão da unidade, Fausto Filho. Ele trouxe dados históricos do município, erigido como colônica agrícola na primeira metade do século XX e, portanto, com vocação para a agricultura familiar. Depois se ateve à estrutura da unidade, onde serão acolhidos expositores e comunidade ao longo do evento. Aspectos como hospedagem dos produtores, delimitação de espaço para montagem de tendas, praça de alimentação, exposição de maquinário e estacionamento para caravanas já estavam inclusos na pauta.

A reunião, conduzida pelo pró-reitor de Extensão do IF Goiano, Sebastião Nunes, levantou pontos importantes para serem debatidos no grande entrelaçado que é a Agro Centro-Oeste Familiar. Entre eles, definir a sustentabilidade como parte do “DNA” do evento, pensar em ferramentas de comunicação que cheguem até os agricultores familiares e pequenos produtores e ações para garantir a promoção de saúde aos participantes e expositores – algo realizado com assertividade nas últimas edições. Também foi definido o calendário de reuniões das entidades parceiras, que terá periodicidade mensal.

Responsabilidade com a Agricultura Familiar – Ao longo destes 19 anos a Agro Centro-Oeste Familiar acumula respaldo e reconhecimento da sociedade, o que se traduz em uma ampla participação, seja dos produtores, seja da comunidade. Conforme a professora da UFG Graciella Corcioli, coordenadora da última edição, o evento reuniu 86 empreendimentos da agricultura familiar em 2019 – um notável aumento na quantidade de expositores participantes, informou Corcioli. Foram estimados em 6.000 os visitantes ao longo dos dias, e uma movimentação de aproximadamente R$ 500 mil em produtos comercializados.

Entre os parceiros que tradicionalmente compõe a Acof estão Companhia Nacional de Abastecimento, UFG, Assembleia Legislativa de Goiás, Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar, sindicatos de Trabalhadores Rurais de diversos municípios goianos, Emater, Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Goiá, Instituto Federal de Goiás, Embrapa Arroz e Feijão, Universidade e Brasília e Instituto Nacional da Reforma Agrária. Todos estavam presentes nesta reunião inicial.

Fonte: Ascom – Campus Ceres

Deixe seu comentário: